Igreja pelo Mundo Notícias das Paróquias e Foranias

QUARESMA

“Senhor, eis aqui teu povo, que vem implorar teu perdão; é grande o nosso pecado, porém, é maior o teu coração”

“Que a nossa Quaresma seja percorrer o mesmo caminho, para levar a esperança de Cristo também à criação, que será libertada da escravidão da corrupção, para alcançar a liberdade na glória dos filhos de Deus. Não deixemos que passe em vão este tempo favorável! Peçamos a Deus que nos ajude a realizar um caminho de verdadeira conversão. Abandonemos o egoísmo, o olhar fixo em nós mesmos, e voltemo-nos para a Páscoa de Jesus; façamo-nos próximo dos irmãos e irmãs em dificuldade, partilhando com eles os nossos bens espirituais e materiais” (Papa Francisco).

Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo: a Páscoa, a Ressurreição de Jesus Cristo, que é celebrada aos domingos e praticada desde o século IV.

A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa, durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos dedicam-se à reflexão, a conversão espiritual e se recolhem em oração e penitência para lembrar os quarenta dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que Ele suportou na Cruz.

Nós, cristãos todos os anos somos convidados pela Santa Igreja a participarmos desses dias, com recolhimento e muita oração. Somos chamados a ser testemunhas vivas deste grande Amor que se doou e continua se doando por cada um de nós, porém, poderíamos nos questionar, que tipo de quaresma queremos viver? Se nesses dias buscamos estar mais próximos do Senhor poderíamos nos questionar, que não somente na Quaresma, mas sim em todos os dias de nossa existência devemos viver e buscar essa experiência de intimidade com Nosso Senhor Jesus Cristo. Quaresma tempo de conversão, Quaresma tempo de recolhimento, Quaresma tempo de reconciliação, Quaresma tempo de comunhão fraterna, Quaresma tempo de voltar o quanto antes os nossos corações a Deus, pois se a cada Quaresma conseguirmos avançar para águas mais profundas reconhecendo nossas limitações e fraquezas, e de que somos dependentes dessa misericórdia infinita, com toda certeza vivenciaremos um tempo quaresmal rico de experiências com Cristo, que nos ajudará a perceber que somos servos, e necessitados desse grande Amor e de sua infinita Misericórdia.

Amado irmão, amada irmã desta grande família carismática, aproveitemos o tempo da graça que deus nos concede todos os dias, para estarmos mais próximos à este pedido de conversão, e Ele mesmo nos ensina a fazermos práticas que nos ajudam neste tempo, JEJUM, ESMOLA e CARIDADE (ORAÇÃO).

Jejum, a Igreja nos propõe o jejum como uma maneira de nos educar, de aprendermos a dominar nosso corpo e também nossas inclinações. O jejum e a penitência não são para que sintamos fome ou passemos necessidade. A penitência é uma reorientação radical de toda a vida, um retorno, uma conversão para Deus de todo o nosso coração (cf. Catecismo da Igreja Católica parágrafo 1431). São práticas que nos ajudam a nos encontrar mais com o Senhor.

Esmola, somos convidados a deixar os bens materiais em segundo plano e praticar a esmola como forma de desapego. São Paulo afirma que “a raiz de todos os males é o amor ao dinheiro” (cf. I Tm 6,10) neste tempo tenhamos a humildade de conseguirmos nos desapegar e vivenciarmos o verdadeiro “Amor”.

Caridade, viver a mais bela de todas as nossas ações de caridade, São Leão Magno diz: “Estes dias de Quaresma nos convidam de maneira apremiante ao exercício da caridade; se desejamos chegar à Páscoa santificados em nosso ser, devemos por um interesse especial na aquisição desta virtude, que contém em si as demais e cobre multidão de pecado”.

Que vivamos com amor este tempo que Deus preparou para cada um de nós! De coração contrito e humilde, cheguemos à Páscoa da Ressurreição com grande amor. Que Maria Santíssima, Nossa Mãe, possa nos ajudar a fazer tudo o que Ele nos disser, avançando sempre para águas mais profundas como irmãos e irmãs.

Padre Tiago Augusto Messias,

Pároco da Paróquia de São José – Dianópolis

Coordenador Estadual do Ministério Cristo Sacerdote – RCC.

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Nomeado Bispo Diocesano de Porto Nacional 04 de Novembro de 2009.
Lema de seu episcopado.
STATE IN FIDE
" Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, sejam homens de coragem, sejam fortes."1Cor, 16,13

Agenda Diocesana

maio 2019

dom seg ter qua qui sex sáb
1
  • Aniversari…
2
3
  • Aniversari…
4
5
6
7
  • Aniversari…
8
9
  • Aniversari…
10
  • Aniversari…
11
12
13
14
15
16
17
18
  • Romaria do…
19
20
21
22
23
24
  • Forania de…
25
  • Encontro v…
26
27
28
  • Aniversari…
29
30
31

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This