VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Nossa Senhora de Suyapa, padroeira de Honduras

“Uma casa sem mãe é, de certa forma, uma casa vazia. Eis por que a festa da Mãe de todos os hondurenhos tornou-se a ocasião pela qual a Basílica que lhe é consagrada, se enche de milhares de peregrinos, sabendo que o coração das pessoas também se enche de esperança.”

Foi nesses termos que o Padre Juan Ángel Lopez Padilla, porta-voz da Conferência Episcopal de Honduras, explicou à Agência Fides a importância da festa de Nossa Senhora de Suyapa, padroeira da nação ─ representada por uma estátua de cedro de pouco mais de 6 cm, venerada na Basílica de Suyapa, em Tegucigalpa, capital de Honduras.

Efetivamente, no dia 3 de fevereiro de cada ano, o povo hondurenho se reúne para render homenagem à “Morenita”, como a chamam os fiéis, sabendo que este ano de 2018, marca o 271º aniversário de sua descoberta. “Neste local ─ declarou Padre Juan Ángel Lopez Padilla ─ nós encontramos a Honduras que sonhamos: uma terra na qual somos todos irmãos.” Segundo os responsáveis da basílica, mais de um milhão e duzentos peregrinos, movidos pelo amor, pela fé e a confiança em sua intercessão, assistiram à Santa Missa em comemoração a Nossa Senhora de Suyapa.

Honduras conta com uma população de mais de 8,7 milhões de habitantes dos quais 80% são católicos. Sabe-se também, que Honduras atravessa, neste momento, um período de forte crise política e se confia à proteção da Virgem Santíssima.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER