VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

A devoção mariana dos católicos chineses

O santuário de She Shan, o mais celebre santuário mariano chinês (Diocese de Shangai, China continental) abriu o mês de Maria, com uma missa solene.

Atualmente, o santuário ganhou renome mundial, graças ao Papa Bento XVI, que compôs e divulgou sua “oração a Nossa Senhora de She Shan”. No alto do santuário se encontra a estátua de Nossa Senhora, com Jesus Menino, Seu Filho, erguido nos braços, “apresentando-o ao mundo com os braços abertos, gesto de amor”, e pedindo aos católicos “que sejam sempre testemunhas credíveis deste amor, conservando-se unidos à rocha de pedra, sobre a qual a Igreja foi construída”.

Mais de 3 mil fiéis participaram da missa de abertura do mês, no último dia 30 de abril, e no dia 1 de maio, os fieis que compunham a procissão mariana chegaram ao cume da montanha, em que está a basílica dedicada a Nossa Senhora. Dezenas de padres diocesanos, vindos de outras dioceses, concelebraram a Missa, à qual participaram inúmeros seminaristas, religiosas e fiéis.

O escritório diocesano da peregrinação de She Shan publicou um guia permitindo o desenvolvimento sereno de tais peregrinações, bem conscientes de que os católicos chineses nutrem profunda devoção mariana e um afeto especial por Nossa Senhora de She Shan.

Agência Fides (em Francês) 05/05/2018

ASSINE NOSSA NEWSLETTER