Palavra do Bispo

A fé é um ato pessoal e dinâmico da renovação diária de um compromisso com Deus

Bonfim, 16 de Agosto de 2013.

Meus queridos Irmãos e Irmãs,

A Diocese de Porto Nacional está acolhendo nestes dias os Romeiros e as Romeiras no seu Santuário Diocesano do Senhor do Bonfim.

Também eu, o vosso Bispo, me encontro aqui na condição do Peregrino. Observo uma grande mistura do sagrado e do profano. Mas independente disto posso constatar, que este lugar tem o seu mistério sedutor.

O Jesus de Bonfim nos fala com o seu silencioso amor da altura da sua Cruz Vitoriosa e, porque não dizer, da Cruz Sertaneja das “mãos calejadas” do povo tocantinense.

Qual então seria o Seu recado para os romeiros do ano de 2013?

No ano de 2013 nós nos esforçamos em ouvir a voz do Senhor e, assim, formar a nossa consciência a partir da graça da fé. No meio das nossas perguntas, apareceram estas:

1. Pode uma “ovelha perdida” levar a Jesus uma “outra perdida’?

2. A fé é um ato pessoal e dinâmico da renovação diária de um compromisso com Deus, e ai, cadê a nossa conversão, nossa vigilância, e nossa disposição de me submeter à “correção fraterna”?

3. Você concorda que a verdadeira romaria deve transformar-se em uma missão?

4. Porque não formar a nossa consciência missionária a partir do exemplo de Maria que é a estrela da evangelização?

5. O que significa no nosso dia-a-dia a expressão: bote fé, bote esperança, bote caridade?

Meus Irmãos e minhas Irmãs.

A romaria da vida continua. Aos pés do Senhor do Bonfim nós combinamos que:

1. Além do sinal da cruz, depois de se levantar e da oração antes de se deitar, fazer oração também antes e depois das refeições e sem chapéu, ou boné na cabeça.

2. Na medida possível, em todos os dias, fazer uma leitura pessoal de um trecho do Novo Testamento, chamada “lectio divina”. Isto faria para nós muito bem.

3. Na próxima romaria nos comportaremos com menos pinga, menos cerveja e nada de boates.
Agiremos desta forma? É ou não é meu querido Povo?

O glorioso Senhor do Bonfim é sempre muito bondoso, misericordioso e paciente conosco. Sim, a nossa romaria continua. Que ela se transforme em missão permanente da fé, de esperança e de caridade! Senhor do Bonfim tende piedade de nós.

Aceitem os meus sentimentos do profundo respeito e bênção do Pastor.

Dom Romualdo Matias Kujawski
Vosso Bispo

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

julho 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
  • Presbitera…
3
4
5
6
7
8
9
  • Ordenação …
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This