UM MINUTO COM MARIA

A marca do joelho da Virgem Maria, sempre visível !

2 de agosto – Itália: Festa de Nossa Senhora da Porciúncula (Nossa Senhora dos Anjos)

Por volta do ano 450, são Severo, originário da Síria, e seus companheiros, viviam retirados num eremitério, não distante de Agde, no Héraut (costa sul da França). Um dia, uma tempestade de força espantosa atingiu as costas. Os monges rezavam e um deles viu a Virgem Maria, ajoelhada sobre um rochedo. Naquele momento, a tempestade se acalmou.

Uma capela foi construída sobre o local onde a Virgem Maria havia ajoelhado, exatamente na rocha em que as marcas de seus joelhos ficaram gravadas. A partir de então, Nossa Senhora Genuflexa ou Ajoelhada, em Grau, ou Nossa Senhora do Grau, tornou-se importante lugar de peregrinação, sobretudo, porque fica num dos caminhos de Santiago de Compostela. A marca dos joelhos da Virgem Maria mantém-se visível, na capela da Ajoelhada, no centro da Nave.

Foram os padres capuchinhos que, logo depois, ergueram quinze capelas sobre o caminho que vai de Agde até Nossa Senhora do Grau, e cada uma representando um Mistério da Paixão de Cristo. O sucesso das peregrinações foi imenso, desde então.

A revolução Francesa destruiu todas as capelas e as peregrinações para Nossa Senhora da Ajoelhada só puderem recomeçar no século XIX, sob o impulso dos Penitentes brancos.

Nossa Senhora da Ajoelhada é comemorada, sempre, no dia 2 de agosto.

Infocatho

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

setembro 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This