VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Aos pés de Jesus Transfigurado com Nossa Senhora das Mercês

Na última noite do Tríduo em preparação do Centenário da Diocese, é marcada pela participação fervorosa da comunidade católica portuense e dos padres da Diocese, que em clima de festa lotou a Catedral Diocesana no desejo de se unir ainda mais ao mistério do amor que Deus semeou ao longo dos 100 anos de Evangelização nestas terras.

 A terceira palestra ministrada pelo Fundador do Movimento da Transfiguração César Augusto é pautada na busca profunda do mistério da Transfiguração. “Neste terceiro e último dia, chegamos ao ponto maior dessa pregação: A liturgia. Tudo que a Igreja celebra nasce da Liturgia, parte dela, e volta para ela” destacou.

Segundo Augusto, tudo que vivenciamos na Liturgia é o que temos de mais importante em nossa vida. É uma grande graça que cada um de nós possui celebrar a vida que brota do amor de Deus que se dar como alimento.

Ele ainda salientou que é necessária uma renovação profunda em nossa fé, onde despertemos em nosso coração o desejo que celebrar a vida que nasce da Liturgia, que provém a experiência real com Jesus.

Um dos momentos que chamou a atenção da comunidade reunida foi a exortação do Fundador, onde ele de forma profética exclamou: “Essa diocese só vai conseguir cumprir a sua missão para às próximas gerações, se ela conseguir cumprir seu papel de deixar Jesus ser o centro de sua vida, onde Ele possa nos ensinar a sermos de fato discípulos do seu amor”.

“Transfigurar como Jesus é nosso desejo enquanto Igreja Diocesana, para que assim possamos fazer a experiência real com Jesus em nossa vida e em nossa família”, destacou Dom Romualdo no final da celebração.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER