Notícias das Paróquias e Foranias

Cinquentenário da Paróquia N. Srª da Conceição – Campos Belos

Irmãos e Irmãs em Cristo. Com a satisfação e a alegria de quem pisa o fértil solo de um jardim florido, sinto-me honrado em ocupar o púlpito desta santa Igreja, nesta noite festiva, para com a graça de Deus prestar uma singela homenagem ao cinquentenário da criação da Paróquia Nossa Senhora da Conceição da cidade de Campos Belos/GO, Diocese de Porto Nacional/TO.

O poeta Gilberto Gil, diz com maestria “Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar” e a fé não falha mesmo. Fé na vida, fé nos homens, fé em si mesmo e principalmente, fé no Deus vivo e verdadeiro que povoa o coração de cada um de nós, esta sim, é sem qualquer dúvida, a mola-mestra que nos impulsiona a realizar nossos sonhos e concretizar nossos desejos, por mais improváveis que eles nos pareçam ser.

Em um dos seus profícuos e proveitosos sermões, em uma missa de domingo, o reverendíssimo padre Iraçon José Ferreira em sábias palavras disse: “Posso afirmar com categoria que se não fosse em função da fé de seus primeiros moradores, a cidade de Campos Belos não existiria e é por isso, que é bela, acolhedora e habitada por um povo altivo, receptivo e trabalhador”.

Afirmação feita, tendo como princípio o fato de que a cidade de Campos Belos surgiu ao redor de uma Capela que foi erguida em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, digna Padroeira desta cidade e nossa bendita Mãe. E ainda de acordo com nosso Pároco, “tudo o que começa em função da fé é abençoado e tende a dar certo”.

Ademais, os relatos de antigos moradores indicam que a capela em honra a Nossa Senhora da Conceição foi construída nas terras doadas por um devoto fazendeiro de nome Ciriaco Antônio Cardoso. E no dia 7 de maio de 1886 o então padre da Freguesia de Arraias, Rosolindo Furtado de Freitas, foi designado pelo Bispo para abençoar a Capela.

Com a efetivação da Capela, várias casas foram construídas ao seu redor, dando origem ao Arraial de Almas que viria se tornar a cidade de Campos Belos. O senhor Ciriaco Antônio Cardoso doou também a Nossa Senhora da Conceição uma gleba de terras, constituindo assim o patrimônio da Paróquia que posteriormente seria criada. Desta forma, Nossa Senhora da Conceição tornou-se a Padroeira da cidade e o dia 08 de dezembro passou a ser comemorado com belas festas em honra e glória ao seu santo nome.

Segundo os mesmos relatos esta Capela foi demolida em 1943 e construída uma segunda Capela maior. Com o aumento da população, atraída pela fé, a segunda Capela também ficou pequena para comportar os fieis católicos e no limiar da década de oitenta, o Bispo Dom Alano Maria Du Noday, contando sempre com a preciosa ajuda da população, decidiu pela edificação de uma nova igreja, hoje a nossa matriz e que está prestes a ser ampliada e reformada.

Como vemos, a história do surgimento da cidade de Campos Belos se confunde com a criação da nossa paróquia, fato importantíssimo e marcante da nossa história. No ano de 1963 no dia 09 de maio, foi efetivada a paróquia de Nossa Senhora da Conceição, tendo como primeiro pároco o Padre Samuel Aureliano da Silva, que foi recebido com alegria e muita festa pela nossa comunidade e que prestou relevantes serviços à paróquia, inclusive na área educacional.

Outros padres passaram pela paróquia de Campos Belos e deixaram marcas profundas na evangelização e no fortalecimento da fé e que nos faltam palavras para louvar e agradecer a dedicação e o carinho dispensado a nossos fiéis: Segundo registros nos arquivos da Paroquia são eles:

Padre Rosolindo Furtado de Freitas, vigário que benzeu a primeira Capela de campos Belos, em 1886; Padre Samuel Aureliano da Silva, já citado como primeiro pároco da cidade; Padre Pedrocílio da Silva Guedes, vigário de Arraias que prestou serviços de evangelização nesta cidade, principalmente por ocasião das festas religiosas; Dom Alano Maria Dú Noday, nobre príncipe de origem francesa, conhecido por seu carisma e desapego a bens materiais, escolheu a humilde Campos Belos, como lugar de acolhida para seu testemunho de simplicidade e de fé cristã; Monsenhor Antônio José Klaus, vigário de Taguatinga que evangelizava em Campos Belos; Padre Celso Cavalcante, vigário coadjutor da Paróquia de Arraias, que colaborava nas festividades religiosas de Campos Belos; Monsenhor João Magalhães Cavalcante, considerado “um homem além do seu tempo” designado pelo Bispo Dom Celso como vigário auxiliar de Dom Alano, prestou relevantes serviços à comunidade especialmente na área da educação, sendo o primeiro diretor do Colégio Polivalente, de saudosa memória;

Padre José Moreira da Silva, pároco de Campos Belos por 14 anos, assumiu a Paróquia ainda jovem e foi um dos responsáveis pela consolidação da nossa Paróquia, deixou um legado de muito trabalho, dedicação e evangelização. Hoje é Bispo da Diocese de Januária em Minas Gerais. Padre Joaquim Mizahel da Silva Ramalho, Pároco de Campos Belos por 06 anos, deu continuidade ao trabalho iniciado pelo Padre Moreira, fortaleceu e incentivou a criação das Pastorais;

Padre Valdemir Alves de Sousa, Pároco por 06 anos, um líder carismático, que muito novo assumiu a Paróquia e deixou um legado positivo na comunidade, tendo sido o responsável pela edificação da nova casa paroquial; Padre Rubens de Almeida Gonçalves, um exímio pregador e forte evangelizador. Foi martirizado, deu sua vida em nome da fé, teve a sua jovem vida covardemente ceifada por defender os interesses paroquiais, deixou para os católicos cristãos da comunidade um belo legado. “Que a terra lhe seja leve”.

Passaram outros diversos Padres, Bispos, Diáconos, Seminaristas, Freiras e líderes religiosos que esporadicamente marcaram e marcam presença em nossa paróquia especialmente nas celebrações das festividades religiosas e movimentos pastorais. Cumpre lembrar o nome de religiosos e religiosas, filhos e filhas de Campos Belos que prestam serviços de evangelização em várias cidades do país e do mundo, que são: Irmã Maria da Glória dos Santos Silva, religiosa da Congregação Salesiana, Irmã Maria Nazaré de Oliveira Santos Leite, da Congregação do Menino Jesus de Praga, Irmã Marizete Batista, da Congregação das Irmãs Paulinas, Monsenhor Lincoln Monteiro Barbosa já falecido, Padre Wilson Gualberto dos Santos e Padre Juarez Ferreira dos Santos. A todos agradecemos sem distinção em nome do Pároco e dos Paroquianos.

É oportuno destacar a maneira firme, transparente, perseverante, modesta e democrática que o nosso atual Pároco Padre Iraçon José Ferreira vem zelando e conduzindo os destinos da nossa Paróquia, que Deus ofereça a ele sabedoria, muita fé, saúde e entusiasmo, para continuar inabalável no árduo exercício de lapidar almas e levar o Evangelho e a Palavra de Deus por todos os rincões deste país.

A paróquia conta hoje com 11 Capelas quais sejam: Cristo Operário (Setor Vila Baiana), Divino Espírito Santo (Setor Buritis/Bem Bom), São Pedro e São Paulo (Setor Tomazinho), Sagrada Família (Setor Cruzeiro), São Sebastião (Setor Morada Nova/Bom Retiro), Nossa Senhora Aparecida (Setor Aeroporto), São João Batista (Povoado Barreirão), São Sebastião (Distrito de Pouso Alto), Santa Luzia (Fazenda Poço Branco), São Francisco de Assis (Fazenda Sobradinho), São Mateus (Fazenda Brejão), todas elas reformadas, embelezadas e em pleno funcionamento, com frequentes celebrações de Missas e festejos comemorativos nas datas dos respectivos padroeiros e padroeiras.

Colhemos o ensejo para listar as Pastorais e Movimentos que funcionam a contento na Paróquia: Apostolado da Oração, Pastoral do Batismo, Catequese, Pastoral dos Noivos, Liturgia, Renovação Carismática Católica, Ministros da Eucaristia, Pastoral da Criança, Banda Rainha da Paz, Grupo de Canto Mensageiros da Paz, Banda Ângelus Day, Coral Infanto Juvenil Vozes do Amor, Pastoral da Esperança, Pastoral dos Foliões, Encontro de Casais Com Cristo, Vicentinos e SEGUE-ME.

Queremos agradecer indistintamente a todas as pessoas que ajudaram na criação e na manutenção das obras desta paróquia durante os seus cinquenta anos (os de ontem, os de hoje e os de amanhã) que é modéstia a parte uma das mais estruturadas e organizadas de toda a Diocese. Aos Sacerdotes, leigos, lideres de Pastorais e Movimentos da Igreja, Catequistas, Dizimistas, Celebrantes Festeiros e colaboradores de todos os seguimentos da comunidade. Que Deus na sua infinita bondade, dê a todos a recompensa em forma de bênçãos, graças e proteção.

Agradeço envaidecido, ao Padre Iraçon que viu em minha modesta pessoa lucidez bastante para proferir esta singela homenagem neste momento de infinita magnitude.

Muito obrigado e que Deus nos abençoe a todos e permita que nossa vida seja longa, para que possamos sempre agradecer a Nosso Senhor Jesus Cristo por intercessão de Nossa Mãe Senhora Imaculada Conceição as bênçãos e graças recebidas por todas as nossas famílias e possamos desfrutar sempre do aconchego desta Madre e inabalável Igreja.

Finalizo com um poema de minha lavra escrito nos idos dos anos oitenta publicado no meu livro “Chão de Poesias” de 1989 que diz assim: Dia oito de dezembro em Campos Belos tem festejos, em louvor Senhora Imaculada Conceição. A festa organizada com antecedência vai ter quermesse, vai ter novenas, vai ter leilão. Dona Elisa entoa os cânticos liderando a procissão, Cantam jovens, cantam velhos com fé e devoção. Ó Digna Padroeira ilumine estes fieis que esperam o ano inteiro para beijar os seus pés. Cubra de bênçãos essa gente que lhe tem tanta devoção, dando fartura em suas mesas e paz nos seus corações, harmonia nos seus lares e sucesso no trabalho, proteja suas crianças, abençoe a plantação. A paz que hoje vejo reinando sobre a cidade. Agradeço a Senhora por nos dar a felicidade de vivermos como irmãos, sem egoísmo ou vaidade. Nos livre dos acidentes, dos assassinos e dos ladrões, derrame graças neste povo e atenda nossas orações, e aceite esse louvor em forma de canção do peito desse devoto que abre o coração e que pra falar Contigo ajoelha e tira o chapéu e sonha cantar um dia com a Senhora lá no céu.

Fiquemos todos Com a Paz de Cristo.

Autor: (João Beltrão Filho).
Autorizado pelo Pároco; Padre Iraçon José Ferreira

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

julho 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
  • Presbitera…
3
4
5
6
7
8
9
  • Ordenação …
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This