Destaque Notícias Diocesanas

Dom Romualdo Ordena o Acólito Irailton Carozo em Gurupi

Na noite desse último sábado (20), às 18:00, na Paróquia São Judas Tadeu, em Gurupi – TO, no Sul do Estado. O Bispo Diocesano, Dom Romualdo Matias ordenou o Acólito Irailton Carozo para Ministério do Diaconato Permanente. Na homilia, Dom Matias destacou a memória das missas dos dias 19 e 20: “Celebramos na sexta-feira, a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, fonte profunda do amor divino, nesse sábado, o Imaculado Coração de Maria, expressão do amor materno e verdadeiro”. E finalizou: “O Diácono não é ungido, mas um consagrado para o serviço de Deus, sobretudo na liturgia, na palavra e na caridade. Demorei um pouco para lhe ordenar, mas tudo isso foi preciso para manifestar o desígnio do Criador”. O rito teve início com o chamado do candidato, que foi feito pelo Diácono Adeilton Ferreira. Em seguida o Bispo questiona se o candidato é digno de tal ministério. A confirmação venho através dos testemunhos do Pe. Deusimar Correia e dos fiéis Amabile Maria  Mequelin e Tiago Alves Ferreira, que afirmaram as idoneidades morais e vivência da fé cristã do Acólito Irailton Carozo. O gesto mais forte da celebração é a oração do Bispo pelo escolhido e imposição das mãos.

No seu agradecimento o Diácono Irailton Carozo fez uma breve recordação da sua vocação: “Tentei ser padre, quando entrei no Seminário, mas a vontade de Deus foi outra, construi a minha família e hoje realizo o meu sonho de servir a Deus como Diácono Permanente, obrigado Dom Romualdo e todos os padres que fazem partem dessa história”. O Pe. Domingos Maciel, Pároco do novo Diácono Permanente ressaltou a perseverança de Irailton: “Você está realizando um grande sonho pelo qual você sempre lutou, que Deus lhe abençoe”. Participaram da ordenação os Padres Adriano José, Pedro Nunes, Vanderlan Cunha, Domingos Maciel, Deusimar Correia, Eldinei Carneiro e Valdemir Alves. E também os diáconos Adeilton Ferreira, Adão Cândido e Francisco Feitosa. A esposa e o filho do Diácono, Nádia Mendes de Souza carozo  e Samuel Mendes Carozo e ainda sua mãe, Maria Laureana Carozo.

O que é diaconato?

Diaconato é o primeiro grau do Sacramento da Ordem. Os outros dois são o presbiterato e o episcopado, portanto, diáconos, presbíteros e bispos compõem a hierarquia da Igreja.

As mãos lhes são impostas para o ministério e não para o sacerdócio. Com a ordenação o diácono deixa sua condição de leigo e passa a fazer parte do clero. Esse Sacramento imprime caráter, que o faz diácono por toda a eternidade. Não há como retroceder.

O que é o diaconato transitório e o diaconato permanente?

Existem dois tipos de diáconos. O diácono transitório é aquele que recebe o Sacramento da Ordem no grau de diaconato para depois receber o segundo grau e tornar-se presbítero, ou padre, conforme costumamos dizer. O diácono permanente sendo casado não pode ascender ao grau superior, ficando permanentemente como diácono.

Quais as funções do diácono?

Diaconia quer dizer serviço, então o diácono é ordenado para servir. Faz parte do ministério do Cristo Servo, que veio para servir e não para ser servido. A Lumem Gentium diz que servem o povo de Deus na Diaconia da Liturgia, da Palavra e da Caridade (LG 29). Na Liturgia Eucarística, o diácono tem funções próprias: servir o altar, proclamar o Evangelho, convidar para o abraço da paz, purificar os vasos sagrados e fazer a despedida. Deve, ainda, incentivar a participação correta e efetiva da assembleia na Divina Liturgia.

Padre Eldinei Carneiro

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

julho 2020

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
  • Crisma
4
  • Batismo de…
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
  • Conser Reg…
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
  • Bonfim - r…

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This