VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Dom Romualdo Preside Missa da Bênção dos Santos Óleos e Unidade Sacerdotal na Catedral de Porto Nacional

Numa celebração atípica devido a Pandemia da Covid-19, mas com a mesma essência, mesma natureza, mesma substância e com igual profundidade teológica e litúrgica, o Bispo Diocesano, Dom Romualdo Matias Kujawski, presidiu na noite de ontem (29), às 19:00, na Centenária Catedral de Nossa Senhora das Mercês, em Porto Nacional – TO, Região Central do Estado e Sede do Bispado, a Tradicional Missa da Bênção dos Santos Óleos e Unidade Sacerdotal.

Na homilia Dom Matias destacou a função sacerdotal “Vocês são profetas que muitas vezes não serão compreendidos, é preciso superar todo tipo de ideologia, que está levando as pessoas a viver o vazio”. E finalizou: “Hoje estamos celebrando os dois pilares da nossa Igreja, São Pedro e São Paulo, que lançaram as primeiras sementes do Evangelho, estou muito emocionado por fazer parte da história dessa Diocese”. Após a homilia, os sacerdotes renovaram as promessas sacerdotais feitas no dia da ordenação, pelas quais são chamados a viver, a obediência, a pobreza e a castidade. Em seguida, houve a bênção dos Santos Óleos com um ritual fecundo e solene.

Aproximadamente 30 clérigos participaram da celebração, dentre eles,  os Monsenhores Jones Pedreira, Juraci Cavalcante, Juarez Gomes, Osman Pinto e também o representante do Clero, Pe. Edisley Batista e o Chanceler da Cúria, Pe. Heldeir Gomes. Ao final da missa, O Bispo agradeceu ao Pároco, Pe. Jucimar Ribeiro e o coral pela harmonia musical dos cânticos. Já o Pároco, Pe. Jucimar Ribeiro, agradeceu ao Bispo, o coral, as paróquias da Forania que ajudaram no jantar e os irmãos sacerdotes. A missa foi transmitida ao vivo por várias redes sociais: Paróquia Nossa Sra das Mercês (Cadetral), Paróquia Santo Antônio de Gurupi, Portal Porto Mídia, Rádio 87,90 – Porto FM – Porto Nacional e Rádio 95,90 – Mais FM – Gurupi.  Após a missa foi servido um jantar no Seminário São José.

Significado da Missa dos Santos Óleos

Durante esta celebração, se abençoa o óleo dos catecúmenos, dos enfermos e se consagra o óleo do Santo Crisma. Daí o fato de a celebração ser também chamada de ‘Missa dos Santos Óleos’.

Após o término do rito, os padres voltam para suas comunidades e levam a porção dos óleos para que possa ocorrer a prática dos sacramentos dos seus fiéis.

Nela também se renovam as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo também chamada de “Missa da Unidade”, expressando a comunhão diocesana em torno do Mistério Pascal de Cristo, constituindo um momento forte de comunhão eclesial, de participação intensa das comunidades e de valorização dos sacramentos da vida da Igreja.

Texto: Padre Eldinei Carneiro


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fotos: Portal Porto Mídia , Pascom da Paróquia Santo Antônio de Gurupi Pascom Paróquia Nossa Sra Abadia de Gurupi

ASSINE NOSSA NEWSLETTER