Destaque Notícias Diocesanas

Dom Romualdo Preside Missa do 10° Aniversário Sacerdotal do Pe. José Francisco, em Peixe

Dom Romualdo Matias, Bispo Diocesano, presidiu na noite de ontem, a Missa em Ação de Graças pelo 10° Aniversário Sacerdotal do Pe. Francisco na Paróquia Divino Espírito Santo, em Peixe – TO, região Sul do Estado. Na sua homilia, Dom Matias enfatizou o sentido de abrir o coração para as coisas de Deus: “Ele veio para os seus, mas os seus não acolheram”. O Ordinário Local, também falou sobre as duas personalidades do advento: João Batista e Maria, o primeiro fazia ao povo um convite de conversão: “Convertei-vos e credes no evangelho, pois o Reino de Deus está próximo de vós”. Já Maria, conservava esses fatos no silêncio do seu coração. Ambos indicaram a luz verdadeira, Jesus. Por fim, Dom Romualdo dirigiu uma palavra ao homenageado da noite: “Pe. José Francisco, que o senhor possa sempre respirar os dois pulmões da igreja: “A Palavra e a Eucaristia, que todas as suas ações tenham Jesus como centro”. Ao final da missa, o Vigário Geral, Pe. Valdemir falou em nome do Clero destacando as características positivas do aniversariante: “O senhor é sacerdote humano, simples e com espírito de São João Maria Vianney, por isso, estamos aqui, por ser um sacerdote solidário com todos”. O Vereador Gleyson, representando a comunidade peixense expressou com palavras profundas o sentido do ministério sacerdotal, “O sacerdote deve fazer da sua própria vida um culto litúrgico”. As homenagens finalizaram com duas músicas cantada pelo coral, “aonde mandar eu irei” e “aleluia”. Na sua fala, Padre Francisco iniciou seus agradecimentos ao Bispo Dom Romualdo, que confiou no seu ministério, também agradeceu a presença dos colegas que esforçaram para estarem presentes. A sua fala foi centrada no agradecimento geral a todas as comunidades por onde passou: São Valério, Natividade, Peixe, Jaú e as comunidades rurais. E finalizou seu discurso pedindo perdão pela suas limitações humanas e incompreensões, citando Karl Ranher, deixou uma mensagem final: “O verdadeiro sentido do sacerdócio está na alegria de servir a Cristo e viver o perdão.” A missa foi concelebrada por 16 sacerdotes, teve também a presença do Diácono Beno. Tiveram presentes ainda diversas autoridades civis: o Prefeito de Peixe, José Augusto, o Prefeito de São Valério, Olímpio, a Prefeita de Natividade, Professora Martinha, os Defensores Públicos (Dr. Kita Maciel e Dra. Cristina) e a Juíza do Peixe, Dra. Cibele. A missa foi marcada por um clima de oração e profunda comunhão. Após a missa, foi servido um delicioso jantar.

Fonte: Pascom Diocesana 

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

setembro 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This