UM MINUTO COM MARIA

E se esta fosse a hora do teu despertar?

Sim, a festividade da Assunção é fonte de grande esperança. Quando a Virgem Maria experimenta ─ a primeira, após Jesus ─ a alegria da ressurreição, nós nos sentimos reforçados na certeza de que Deus mantém suas promessas e que jamais nos abandonará.

Eu gostaria que nosso país olhasse para Maria como mãe, como um rio olha para a sua fonte, a fim de encontrar sua inspiração e seu entusiasmo. Maria exprime o centro, o coração de sua vocação, já nas primeiras palavras que pronuncia: “Eis a serva do Senhor.” Não seria esta, também, a vocação da França, como sugeriu o Papa João Paulo II, quando de sua primeira viagem em nosso país, em 1980?

“França, Filha primogênita da Igreja, és fiel às promessas do teu batismo? Permite-me perguntar: França, Filha da Igreja e educadora dos povos, és fiel, para o bem do homem, à aliança com a sabedoria eterna?” Este apóstrofe, eu gostaria de estender e prolongar agora, perguntando: “França, esta é a hora do teu despertar?”

Quando ouço Maria cantar: “Sua misericórdia se estende de geração em geração”, tenho a impressão de que ela resume, em poucas palavras, tudo o que representa, para ela, a mensagem da Bíblia. Esta é a frase central do seu cântico. Sim, como Maria, podemos agradecer a Deus, que faz maravilhas por nós; misericórdia jamais desmentida.

Monsenhor Philippe Barbarin, Cardeal arcebispo de Lyon (França

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

agosto 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
  • Ministros
22
23
24
  • Norte3
25
26
  • Dentista
27
28
29
30
31

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This