VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Eu sou, realmente, Maria, Mãe Imaculada de Jesus

Em Natividade, cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, o doutor Sebastião Fausto de Faria, agnóstico, testemunha ter recebido a visita da Virgem Maria diversas vezes, de 1967 a 1968. Maria lhe deixou três importantes mensagens para o mundo. Eis um trecho da segunda mensagem, a de 12 de julho de 1968, que se refere à Igreja:

Eu sou realmente Míriam, Mãe Imaculada de Jesus unigênito. Meu símbolo primordial, porquê característico, é a maternidade divina, razão da minha própria existência. […] Eu sou a mensageira da fé e do amor para a cristandade traumatizada pela discórdia, em meio à humanidade ameaçada em seu espiritualismo. À Igreja de meu Filho – guardiã e intérprete primeira de sua doutrina – e da qual também sou Mãe, eu transmito a seguinte exortação:

“(…) Que restabeleça o primado do culto a Deus e a meu Filho, sem mácula das invocações àqueles cujas vidas comprovadamente santas, sejam fontes perenes de virtudes. Que conserve meu templo sempre aberto e inviolável. Que mantenha a respeitabilidade de seus templos, a hierarquia e a autoridade de seus oráculos episcopais, principalmente do maior, de Cefas. Que se acautele com os incendiários da fé e da disciplina em seu próprio seio.”

O Bispo diocesano concedeu o imprimatur das mensagens e autorizou a construção de um santuário.

Natividade

ASSINE NOSSA NEWSLETTER