Notícias das Paróquias e Foranias

Fiéis marcam presença nas celebrações nos cemitérios de Gurupi

Neste sábado, dia de finados (02), a comunidade da Matriz de Santo Antônio de Gurupi, juntamente com o Pe. Eldinei Carneiro, celebraram o dia em que é marcado para lembrar os que não estão mais conosco, para a Igreja Católica o dia criado para honrar e lembrar as pessoas que já faleceram. O Dia de Finados é comemorado por ordem da Igreja Católica desde o século XI, que no século XIII determinou que esse dia deveria ser celebrado no dia 2 de Novembro.

Na homilia Pe. Eldinei Carneiro focou na transitoriedade na vida. “Tudo é passageiro e efémero e que o homem veio para semear a semente do perdão, do amor e da misericórdia. Celebrar os entes queridos é saber que eles morreram de maneira física, mas que os gestos, a saudade e os sentimentos que eles deixaram sempre vivos dentro do nosso coração, e é o momento que a Igreja nos propõe a ter uma fé na ressurreição, na vida eterna e na imortalidade da alma”.

As celebrações foram realizadas nos dois cemitérios: o de São José (saída para Peixe) e Cemitério Santo Antônio (centro de Gurupi).

A história da criação do dia de finados

 Os primeiros vestígios de uma comemoração coletiva de todos os fiéis defuntos são encontrados em Sevilha (Espanha), no séc. VII, e em Fulda (Alemanha) no séc. IX.

O fundador da festa foi Santo Odilon, abade de Cluny, o qual a introduziu em todos os mosteiros de sua jurisdição, entre os anos 1.000 e 1.009. Na Itália, em geral, a celebração já era encontrada no fim do séc. XII e, mais precisamente, em Roma, no início do ano de 1.300. Foi escolhido o dia 2 de novembro para ficar perto da comemoração de todos os santos.

Neste dia, a Igreja, especialmente, autoriza cada sacerdote a celebrar três Missas especiais pelos fiéis defuntos. Essa prática remonta ao ano de 1915, quando, durante a Primeira Guerra Mundial, o Papa Bento XV julgou oportuno estender a toda Igreja esse privilégio de que gozavam a Espanha, Portugal e a América Latina desde o séc. XVIII. (Fonte: Canção Nova)

Pastoral da Comunicação Social.

Pároco: Eldinei Carneiro.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

novembro 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
  • Norte3
16
17
18
19
20
  • Novos mini…
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This