VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Forania de Alvorada

Depois de uma jornada de reuniões para as instalações das novas áreas de pastorais (Vicariatos Forâneos), instalou-se a sétima forania da Diocese de Porto

Depois de uma jornada de reuniões para as instalações das novas áreas de pastorais (Vicariatos Forâneos), instalou-se a sétima forania da Diocese de Porto

Depois de uma jornada de reuniões para as instalações das novas áreas de pastorais (Vicariatos Forâneos), instalou-se a sétima forania da Diocese de Porto Nacional, com sede em Alvorada. Esta nova região pastoral, compreenderá os municípios que margeiam a rodovia Belém Brasília (BR 153). Abrangendo as paróquias: São Francisco de Assis (Alvorada); São Sebastião (Talismã); São João Batista (Figueirópolis); Nossa Senhora Aparecida (Cariri); São João Batista (Aliança do Tocantins); Nossa Senhora de Fátima (Fátima).

Nesta forania estiveram presentes: Dom Romualdo Matias Kujawski, bispo diocesano; Mons. Juarez Gomes, vigário geral; Pe. Alex Daniel, assessor de pastoral da diocese; Pe. Jucimar; Pe. Divino; Pe. Edilvan; Pe. José Fernando; Pe. Vagner e Diác. Beno. A reunião aconteceu nas dependências da Igreja São Francisco em Alvorada. Como nas outras foranias esta reunião iniciou, com oração e invocação da padroeira dessa diocese Nossa Senhora das Mercês, bem como o padroeiro da Santuário Diocesano Senhor do Bonfim.

Uma das propostas deste encontro foi refletir sobre o dinamismo pastoral desta forania, que de modo peculiar, situa-se nas margem de uma das rodovias mais importantes do Brasil. Diante disso, como fazer com que nossa pastoral atinja o povo de Deus fazendo-os sentir membros vivos da Igreja? Dom Romualdo mencionou que devemos nos abrir para a mudança e movimentar nossa diocese para dar mais qualidade religiosa para o povo de Deus. Urge uma necessidade de formular uma linha pastoral para a diocese, preservando seus carismas sem perder a qualidade dos trabalhos pastorais, sobre tudo enfatizar a missão evangelizadora.

Dom Romualdo pensa em um projeto evangelizador para dar nova vida a esta Igreja primaz, mãe do Tocantins. Mãe, porque acolhe e ama e vida nova, pois, precisa oferecer alento àqueles que buscam conforto nas aflições. Pensando neste slogan, Dom Romualdo citou o Livro João 10,10: “Eu vim para que todos tenham vida”, o Cristo que vem de Deus para dar vida, ao mundo. Neste versículo, talvez, um slogan da pastoral nesta diocese: “Porto Nacional a Mãe a serviço da vida”, ou “Igreja mãe que dá a vida nova”. Enfim, Dom Romualdo salientou que precisamos dar um “rosto” para a Igreja de Porto Nacional, uma Luz, uma pista para evangelizar o povo de Deus.

Outro objetivo foi a escolha do vigário forâneo (Pe. Jucimar) e assessores das pastorais familiar (Diác. Beno), juventude (Pe. Divino) e vocacional (Pe. José Fernando). Dom Romualdo destacou que os ministros ordenados estão inseridos na atividade pastoral para ser sinal, luz, lembrando que devemos sair de si e ir para o encontro do outro. Os padres devem “puxar na frente” com dinamismo e entusiasmos. Nesta ocasião, fez-se a leitura dos cânones 553-555, capítulo VII, Dos Vigários Forâneos. Em sequência, o novo vigário foranêo indicou que a primeira missa do mês, que é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus, para que os sacerdotes deste vicariato, rezem na intenção desta região, sobretudo, pela santificação e unificação do Clero.

Em suma, a reunião foi muito produtiva e participativa. No final, fizeram os comunicados diocesanos: a) que os padres repassem, via cúria diocesana, as coletas nacionais; b) o vigário forâneo agende na cúria diocesana uma data para o curso de secretárias paroquiais; c) alertou aos párocos, para que cumpram as dadas limites de entregas das pastas administrativas na cúria diocesana; d) acontecerá o I Congresso Missionário do Tocantins em Guaraí nos dias 18 a 20 de outubro, deste ano. Que as paróquias se esforcem para enviar três representações por paróquia; e) Relembrou aos padres a data da VI Sessão do Sínodo Diocesano que acontecerá nos dias 20 e 21 de setembro em Aliança do Tocantins, e que a Romaria da Juventude diocesana acontecerá, no dia 23 de Novembro, em consonância com a VII sessão sinodal, no Santuário Diocesano Senhor do Bonfim, em natividade, povoado do Bonfim; f) impeliu os párocos para cumprirem o compromisso assumido com as doações de equipamentos funcionais e de mobílias para o seminário propedêutico de São José. Em sequência, comunicou que nos dias 14 e 15 de outubro, acontecerá a formação do clero no Centro de Formação Dom Alano em Gurupi. O tema será “Relações interpessoais” e assessor Pe. Linoel da diocese de Tocantinópolis; g) leitura e esclarecimentos do decreto sobre as Folias, patrimônio imaterial da Diocese de Porto Nacional; h) que os párocos façam assembleias paroquiais para avaliarem as pastorais ativas na paróquia e que a partir disto, preparem um plano de ação pastoral, tendo por base as diretrizes pastorais e diretório dos sacramentos da diocese; i) em referência ao sorteio da rifa (Moto) em prol do seminário será no dia 12 de outubro.

Entre os comunicados deu destaque para as datas das Ordenações Presbiterais: Diác. Francinaldo para o dia 16 de novembro as 18h, em Taguatinga na Paróquia Nossa Senhora da Abadia. Diác. Luiz Alberto da Silva para o dia, 07 de Dezembro em Jaú do Tocantins as 19h e do Diác. Marquinélio, dia 08 de Dezembro em São Valério as 9h.

Pela proteção de São Francisco de Assis, terminada a reunião, os padres concelebraram com Dom Romualdo, a Santa Missa.

 Pe. Alex Daniel, assessor diocesano de pastoral.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER