UM MINUTO COM MARIA

Maria o “concebeu em seu coração, antes de concebê-lo em seu corpo

Embora Cristo tenha vivido na fé (uma controvérsia que eu não pretendo resolver), a fé de Maria a precedeu. Nela, a longa formação de fé durante os dois milênios do Antigo Testamento atinge sua perfeição. A qualidade intensiva da fé de Abraão, nela é elevada ao mais alto grau. E ela se beneficia ─ de acordo com toda a sua extensão ─ de toda a Revelação de Moisés e dos profetas, onde culmina a ascensão heroica dos “pobres de Javé” ¹(Isaias de 40 a 55).

A fé de Maria foi elevada ao nível necessário para dar à luz ao Filho de Deus e para compartilhar a sua vida. Assim, “ela o concebeu em seu coração, antes de concebê-lo em seu corpo”, como dizem os Padres da Igreja e do Concílio. Nisso, ela é o protótipo da fé: para a Igreja e para toda alma cristã que, pessoalmente, dá à luz, Deus, em seu coração e no mundo.

Fiat da Anunciação ─ este supremo ato de fé ─ não é, portanto, uma singularidade estranha à nossa vida. E sim, a inauguração divisível, compartilhada, daquilo que cada cristão deve viver, cooperando com o contínuo nascimento de Cristo aqui na terra.

(1) Os “pobres de Yahveh”: as elites do Reino de Judá, que haviam sido deportadas: “o pequeno resto”.

Padre René Laurentin

Em Marie, clé du mystère chrétien (Maria, chave do mistério cristão), Editora Fayard, páginas 64-65

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

janeiro 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
  • Núcleo Lux…
27
28
29
30
31
Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This