VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Missa do evento Solo de Esperança promovida pela Fazenda da Esperança. Presidida Por Dom Romualdo Matias Kujawski. Em sua homilia ele destacou os seguintes pontos:

Foi celebrada neste dia 15 de novembro de 2017, na Catedral de Porto Nacional do Estado de Tocantins, a Santa Missa do evento Solo de Esperança promovida pela Fazenda da Esperança. Presidida Por Dom Romualdo Matias Kujawski. Em sua homilia ele destacou os seguintes pontos:
1- Importância do encontro dos leprosos com Jesus. Eles possivelmente ouviram algo sobre Jesus e quem sabe até de longe souberam de algum testemunho e alguns milagres. Senhor tende piedade de nós! Tu podes tudo! E Jesus fala simplesmente para aqueles que são excluídos da sociedade: “vão e se apresentem aos sacerdotes”, que podem publicamente testemunhar oficialmente que são curados das doenças.
2- Um episódio interessante acontece, pois foram dez leprosos, mas somente um que ao perceber que ficou curado, voltou agradecendo a Jesus. E este era um samaritano, que não pertencia ao povo escolhido. Pois, os Samaritanos são menosprezados pelo povo Israelitas. Neste episódio nos remete para a seguinte situação: exclusão, cura e agradecimento, ou seja, gratidão.
3- Aqui penso na realidade dos jovens que se encontram na Fazenda da Esperança, que várias vezes, voluntariamente ou involuntariamente sem própria vontade acabam se apresentando como estes leprosos, pois é muito fácil se excluir, que nos remete a lepra das drogas, do álcool e de outros vícios que infelizmente nos levam a cair, porém, nem tudo está perdido, pois, bastou uma genuína intuição, abrir o coração e procurar ajuda aquém compete. Pois, vocês jovem da Fazenda da Esperança, praticamente todo dia estão abrindo o coração para Jesus que é a verdadeira Fonte da Misericórdia, pois o mundo não pode dar para vocês a vida espiritual, porque só Jesus que é fonte da vida e do amor.
4- É muito gratificante nas missas que tenho presidido, ao ver jovens conseguindo concluir o seu ano de recuperação recebendo o diploma de “Embaixador da Esperança”. Dom Romualdo continua em sua homilia: “Não sei se posso compara-los assim, mas são curados das lepras dos vícios, prontos para voltar para o seio familiar, para a sociedade, o bispo reconheceu, a comunidade reconheceu, como Jesus havia ordenados aos dez leprosos vão e se apresentem ao sacerdote para reconhecer a cura.
5- Tenho muito prestado atenção, em seus testemunhos de superação, que nunca faltaram palavras que contenham o sentimento de gratidão pelas graças recebidas por meio desta Obra de Deus que é a Fazenda da Esperança, pois ela ajuda abrir o coração a Jesus Cristo e entrar nesse processo de aceitar o Reino de Deus, no sentido de gratidão, que apesar de tudo isso, eu sou alguém e que sou pessoa, nasci para amar e ser amado.
Portanto, Estes foram os principais pontos que foram ressaltados nesta santa missa no qual foi marcante para a Fazenda da Esperança que contou com a presença do Nelson e de algumas autoridades públicas. O evento foi um sucesso, emocionou a todos os presentes. A banda, os cantores transformaram o show em um espetáculo com experiências de jovens que já se recuperaram, e músicas compostas por quem hoje tem uma vida nova.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER