Notícias Diocesanas

Mons. Jones de Volta à Paróquia de São João Batista, em Paranã.

 A Paróquia São João Batista de Paranã, por 05 (cinco) anos foi administrada pelo Padre Márcio Alves Pereira que, desde a sua ordenação presbiteral aqui realizada vinha desenvolvendo profícuo trabalho de evangelização. Padre Márcio por opção foi transferido para o Estado de Minas Gerais, deixando em Paranã comunidades adjuntas, marcas indeléveis dos movimentos e eventos por ele promovidos.  Obrigado, Padre Márcio.

Em substituição ao Pe. Márcio, a Paróquia teve o privilégio de receber de volta o carismático Monsenhor Jones que, pela quarta vez  assume  como sua messe.

 Desnecessário se faz dizer da satisfação do povo em recebê-lo. A alegria é semelhante a do bom filho que retorna à sua casa e, ao mesmo tempo, a do pastor que veio conferir um dos seus primeiros rebanhos. Paranã faz parte das primeiras “Contas do Rosário” do Monsenhor Jones. São contas bem rezadas, portanto sólidas e resistentes, firme alicerce da construção  do sacerdote.

A posse do Monsenhor Jones aconteceu no dia 06 de fevereiro, na Igreja Matriz e foi outorgada pelo Revdo Pe. Edivaldo Roberto da Silva, Pároco de Palmeirópolis, responsável pela Forania Nossa Senhora das Graças que, na ocasião, representava o Sr. Bispo Diocesano, Dom Romualdo Matias Kujawski. Após conceder posse ao novo pároco, o referido Vigário Forâneo proferiu profunda e tocante homilia onde ressaltou os aspectos tangentes à pessoa do Padre. Sua dimensão Cristológica, sua identidade, vocação e missão. Destacou a situação do sacerdócio ministerial perante a necessidade dos fiéis de aderir ao poder de Cristo vivo e visível no exercício do sacerdócio. O sacerdote, disse Padre Roberto, deve se conscientizar de que sua vida é um mistério inserido totalmente no mistério de Cristo e da Igreja.

Ele age no seio do povo de Deus “in persona Christi Capiti (na pessoa de Cristo Cabeça), tornando-se ministro das ações salvíficas, transmitindo verdades necessárias à salvação e apascentando o povo de Deus, conduzindo-o rumo à santidade.

Enfocou ainda o Pe. Roberto que o sacerdote, ao exercer a missão de pároco, realiza sua missão de modo especial com a ajuda de outros presbíteros e dos fiéis leigos e que todos devem contribuir com seu carisma na construção da vinha do Senhor. A Paróquia é como a família e deve ser santa, bela e imaculada. Entre outras exortações, o Pe. Roberto formulou votos para que tenhamos a capacidade de cada dia repetir o sim que o Monsenhor Jones ofereceu a Deus, de, pela quarta vez, servir a Paróquia de Paranã.

Biografia

 Jones Ronaldo do Espírito Santo Pedreira – nasceu em Porto Nacional, é o quarto dos treze filhos de Raimundo do Espírito Santo Pedreira e Imelda Pereira Pedreira. Estudou até o ensino médio em sua terra Natal onde, aos dezessete anos entrou para o Seminário São José. Em 1973, transferiu-se para Mariana – MG, iniciando os estudos de Teologia e Filosofia tendo-os concluído em Juiz de Fora. Foi ungido sacerdote pelas mãos de Dom Celso Pereira, então Bispo diocesano, no dia 02 de dezembro de 1978, na Catedral de Nossa Senhora das Mercês, em Porto Nacional, onde, no dia seguinte, celebrou sua primeira missa.

 Em 1981, foi nomeado vigário de Arraias com extensão a Paranã trabalhando intensamente por dez anos. Estendia suas atividades onde se fizesse necessário. Assim, foi professor em Dianópolis, em Arraias Diretor, professor e secretário e ainda Coordenador de Assuntos Educacionais na Delegacia Regional de Educação, pois, é Pós-Graduado em Planejamento Educacional.

Em Palmas, foi Diretor e professor.

Em 1991, foi nomeado vigário da Paróquia São José que ele construiu além de muitos outros templos.

Professor de Filosofia na Ulbra; Coordenador Diocesano Pastoral. Assumiu várias Paróquias em Palmas.

É o maior construtor de Igrejas do nosso tempo, mostrando singular capacidade  e preocupação com a Igreja Corpo Místico de Cristo pois, suas homilias são ricas aulas de catequese e História.

Hoje sexagenário, porém em notável vigor, assume a Paróquia de Paranã com renovados planos. Gosta de escrever. Tem publicado inúmeros livretos de orações, benditos e novenas. Sua trajetória de sacerdote está registrada em “Contas do Rosário” e em “Pedra do Fuxico” podemos divertir com suas crônicas e “Causos”. Em 2014 publicou também súmula histórica da Diocese de Porto Nacional pelos seus cem anos, com valioso conteúdo até então ignorado.

Cabe a nós que desfrutamos da sua presença, rezarmos pela preservação de sua versatilidade, pela sua saúde e energia para continuar sua caminhada e boa vontade na construção do Reino de Deus.

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

maio 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
  • Diácono Ad…
2
3
4
  • Pastoral d…
5
6
7
8
  • Crisma
9
10
11
  • Compromiss…
12
13
14
15
  • Crisma
16
  • Crisma
17
18
  • Encontro d…
19
20
21
  • Par. Divin…
22
  • Crisma
23
  • Crisma
24
25
26
27
28
29
30
31

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This