UM MINUTO COM MARIA

“Não se deve trabalhar aos domingos”

Estamos em 1873, dia 8 de junho, domingo da Santíssima Trindade, numa pequena aldeia, no sul da França; saint Bauzille de la Sylve (perto de Montpellier). Augusto Arnaud estava trabalhando na sua vinha, desde as 5h da manhã. Por volta das 17h30min, a Virgem Maria lhe apareceu e pediu-lhe que construísse uma cruz. Augusto fez, então uma cruz de madeira e a colocou no lugar indicado por Nossa Senhora.

No dia 8 de julho de 1873, numa segunda aparição, a Virgem Maria recomendou a Augusto: “Não se deve trabalhar aos domingos” e, em seguida, continuou: “Feliz daquele que acreditar e, infeliz daquele que não acreditar. É preciso ir a Notre Dame de Gignac, santuário bem perto daqui, em procissão. Sereis felizes com toda a vossa família

Augusto continuou sua vida de vinhateiro, tornando-se fervoroso cristão, respeitando cada domingo, dia do Senhor. Ele faleceu aos 93 anos.

Após longa investigação, Monsenhor de Cabrières, bispo local, autorizou, em 1879, a construção de um santuário em honra da Santíssima Virgem Maria.

mariedenazareth

Adicionar Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

PALAVRA DO BISPO

Dom Romualdo

Bispo de Porto Nacional (TO)

Agenda Diocesana

outubro 2021

dom seg ter qua qui sex sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

FACEBOOK

Assine a nossa newsletter

Assine a nossa newsletter

Junte-se à nossa lista de correspondência para receber as últimas notícias e atualizações de nossa equipe.

You have Successfully Subscribed!

Share This