VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

O que o Rosário contém em abundância…

25 de outubro – Espanha: Consagração da catedral de Toledo a Maria (1075) Quando rezamos o Rosário, contemplamos a pessoa de Jesus e sua

25 de outubro – Espanha: Consagração da catedral de Toledo a Maria (1075) Quando rezamos o Rosário, contemplamos a pessoa de Jesus e sua

25 de outubro – Espanha: Consagração da catedral de Toledo a Maria (1075)

Quando rezamos o Rosário, contemplamos a pessoa de Jesus e sua vida, não apenas no caminho da Cruz, diretamente na vida e na Cruz de Cristo, mas, em Maria. Em Maria está o que foi o centro de sua vida, o que ela viu, sentiu e conservou em seu coração (Lc 2, 51).

Então, o que o Rosário contém copiosamente, (…) é a manifestação, contínua, de uma simpatia santa. Quando um ser vale muito para nós, alegra-nos encontrar outra pessoa que lhe seja vinculada e querida. Nós encontramos sua imagem refletida em outra vida humana e, daí, esta imagem passa a ter, para nós, um novo aspecto.

Nossos olhos encontram dois olhos que, por si, também amam e veem. Os olhos deste outro, acrescentam seu poder visual ao nosso: nosso olhar pode, então, ultrapassar os limites do nosso próprio eu, para cativar e se apoderar de todos os ângulos, por assim dizer, da pessoa amada que, até então, era vista de um único ângulo.

Padre Romano Guardini

Sacerdote católico, teólogo e filósofo alemão

Le Rosaire de Notre Dame (O Rosário de Nossa Senhora), Ed. Bloud et Gay, 1950

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém

ASSINE NOSSA NEWSLETTER