VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Um estilo mariano que convida toda a Igreja a ser Mãe

O L’Osservatore Romano, em italiano, de 2 de março de 2018, publica uma carta de agradecimento de Sua Santidade, o Papa Francisco, a uma teóloga espanhola, Maria Teresa Compte Grau, que lançou um livro intitulado “Dez coisas que o Papa Francisco propõe às mulheres”. (Madri, Publicaciones Claretianas, 2018, 85 páginas), A escritora aborda ensinamentos do Papa às mulheres.

“Seguindo o pensamento dos meus predecessores, creio que seja necessária uma renovada pesquisa antropológica, que inclua os novos progressos da ciência e das atuais sensibilidades culturais para que possamos, sempre mais, ir a fundo, não somente na identidade feminina, mas também na masculina, para, assim, melhor servir o ser humano, no seu conjunto. Avançar nessa direção ─ prosseguiu o Papa ─ ‘significa que devemos nos preparar para uma humanidade nova e sempre renovada’.

Parece-me justo, que, em sua reflexão, você não se esqueceu de Maria, bendita entre as mulheres. Creio que, do ser mulher de Maria, emerge algo de especial que eu nominei ‘estilo mariano’, em minha exortação apostólica Evangelii gaudium (n. 288).” Francisco expressou sua satisfação pelo fato de a escritora citar Maria e o “estilo mariano”, que consiste em amar a todos com ternura e afeto. “Homens e mulheres, na Igreja, não devem perder de vista esta perspectiva tão crucial”.

“Que essas ‘dez coisas’ possam ajudar quem lê e que o Senhor as multiplique, caminhando sempre rumo a uma sensibilidade e a um reconhecimento maior da missão e da vocação da mulher.”

Maria Teresa Compte Grau é professora de Doutrina Social da Igreja, na Pontifícia Universidade de Salamanca – Campus Madri

ASSINE NOSSA NEWSLETTER