VATICANO

VATICANO

CNBB

REGIÃO NORTE 3

Uma peregrinação mariana única no gênero

Uma capela na cidade de Viacha, perto de La Paz (Bolívia), abriga a imagem da Virgem das Ladainhas. A escultura guarda particularidades que vão

Uma capela na cidade de Viacha, perto de La Paz (Bolívia), abriga a imagem da Virgem das Ladainhas. A escultura guarda particularidades que vão

Uma capela na cidade de Viacha, perto de La Paz (Bolívia), abriga a imagem da Virgem das Ladainhas.

A escultura guarda particularidades que vão além de sua localização (a 4.200 metros sobre o nível do mar). A Virgem tem 4.7 centímetros e é considerada a menor estátua do mundo. As autoridades locais chegaram a propor que a minúscula escultura fosse inscrita no Livro Guinness dos recordes.

Todos os anos, a devoção à Virgem das Ladainhas atrai milhares de fiéis ao altiplano boliviano. Por isso, o Ministério da Cultura e do Turismo da Bolívia anunciou medidas para proteger a pequena imagem.

A devoção surgiu no século XIX, quando, segundo a tradição, a Virgem das Ladainhas apareceu a uma criança que estava sendo atacada por uma cobra e conseguiu se livrar do animal. Conta-se que, no dia seguinte ao acontecimento, os camponeses foram até o lugar e encontraram uma pequena pedra com a imagem da Virgem esculpida.

O “milagre” fez com que os moradores do lugar construíssem uma capela no alto da montanha e, a partir daí, teve início a devoção. Atualmente, por questões de segurança, a imagem passa a maior parte do tempo dentro da Igreja de Viacha.

Aleteia 30 de setembrol

E também em: Marie dans l’histoire nationale (Bolívia: Maria na história nacional)

ASSINE NOSSA NEWSLETTER